O que fazer em Bruxelas

Bruxelas, a capital da Bélgica: Informações Práticas

A capital da Bélgica, Bruxelas, ocupa uma posição importante tanto dentro do país quanto dentro da Europa, já que é a capital do governo da União Européia. Além de governamental e histórica, é uma cidade tranquila e elegante para explorar por alguns dias e fazer uma boa parada entre Paris e Amsterdam (foi exatamente o que eu fiz!). A arquitetura de Bruxelas é linda e apaixonante, há muito coisa bacana para ser vista e apreciada além dos seus chocolates, os waffles, fritas, cervejas….

Bruxelas: Informações Práticas

Nesse outro post tem todas as dicas sobre o que fazer em Bruxelas. Neste vamos falar um pouco sobre como chegar a Bruxelas, quanto dias ficar em Bruxelas e como se deslocar na cidade.

Como chegar a Bruxelas

→ De avião

Existem várias maneiras de chegar a Bruxelas – por via aérea, trem, carro ou ônibus. A cidade possui dois aeroportos: O Aeroporto Internacional de Bruxelas, também conhecido como Aeroporto de Zaventem e o Aeroporto Charleroi, que fica cerca de 55 km ao sul da cidade, mas saiba que, atualmente, não há voos diretos do Brasil para a capital da Bélgica.

O aeroporto de Bruxelas-Charleroi é o lugar de destino das companhias de baixo custo (low cost). No próprio terminal são vendidas as passagens de ônibus (comprando ida e volta fica mais barato) até a estação Gare Du Midi em Bruxelas e o trajeto dura cerca de vinte minutos. Dali, já se pode tomar o metrô ou outro meio de transporte ao seu destino.

A Gare du Midi (Brussels South-Midi/Brussel Zuid) não é a estação central de Bruxelas (Brussels Central), mas é a melhor quando se está mudando de cidade, pois, além de ser a maior, ela também tem conexão tanto com o metrô quanto com o trem. Inclusive é nesta estação que operam os trens de alta velocidade: TGV, Eurostars e Thalys.

O Aeroporto Internacional de Bruxelas (Zaventem) conta com um serviço de trem regular, o Airport City Express, que opera das seis da manhã até meia-noite e que também pode ser utilizado para chegar à estação Bruxelles-Nord (Brussel-Noord/Gare du Nord).

→ De trem – Partindo de Paris

Explorar a Europa de trem é sempre a melhor opção. Ela pode até não ser a mais barata, mas não existe outra mais simples, tranquila e confortável, que viajar por suas ferrovias. Eu simplesmente amo! Eu saí de Paris a Bruxelas e a viagem além de rápida (dura 1h20 em média), é calma e prazerosa.

Os trens de alta velocidade que realizam o percurso Paris x Bruxelas são os Thalys, que atendem também outras cidades da França, Bélgica, Alemanha e Holanda. Eles são muito rápidos, podendo chegar até 300 km/h (!) e a companhia é formada pelas empresas SNCF (França), Deutsche Bahn (Alemanha) e SNCB-NMBS (Bélgica e Holanda). As passagens podem ser compradas com 90 dias de antecedência diretamente no site da Thalys, (e o quanto antes você comprar, mais barato fica), nas máquinas ou nos guichês de atendimento nas estações de trem.

Os trens da Thalys são conhecidos por sua cor vermelha e saem da estação Gare du Nord em Paris e chegam na Bruxelles-Midi, em Bruxelas.

Como ir de Bruxelas a Paris - Trem da Thalys

O característico trem da Thalys em Paris

→ De ônibus – Partindo de Londres

No nosso post sobre o Eurostar, falamos da incrível viagem a bordo do Eurostar, o trem de alta velocidade que liga a Ilha da Grã-Bretanha ao continente europeu. Além da opção de ir diretamente de trem de Londres a Paris, Bruxelas ou Amsterdam, é possível também fazer esses trajetos de ônibus e de balsa.

Os ônibus saem da estação Victoria em Londres (Victoria Coach Station) e uma das empresas que fazem esse trajeto é a Megabus. A Megabus é uma das várias empresas de ônibus que oferecem viagens de baixo custo no Reino Unido e na Europa. Eu já viajei com eles e são muito bons! Se você está com grana limitada, viajar de ônibus na Europa é sempre a opção mais barata.

A viagem de ônibus de Londres até Port of Dover, Kent, dura cerca de duas horas. Port of Dover é o porto de passageiros mais movimentado do mundo e é o porto inglês mais próximo da França e, assim, como é preciso passar na imigração em St. Pancras antes da viagem no Eurostar, é preciso também passar aqui pelos controles de fronteira da França e do Reino Unido.

A travessia do Canal da Mancha leva cerca de 90 minutos até chegar ao Porto de Calais, na França, que está diretamente ligado à rede de autoestradas europeias. Chegando em Porto de Calais, a viagem para Bruxelas dura mais duas horas.

Quantos dias ficar em Bruxelas

Você pode ver os principais destaques turísticos de Bruxelas tranquilamente em dois ou três dias. Se você tem outros destinos em mente, não acho que precise passar mais que três dias aqui.

Bruxelas tem uma localização maravilhosa e minha dica é que você distribua o seu tempo visitando cidades menores, como Gent, Bruges ou Antuérpia na Bélgica ou até mesmo se lançar para destinos um poucos mais distantes como Luxemburgo ou alguma cidade da Alemanha. Eu ainda incluí Colônia no meu roteiro.

Onde ficar em Bruxelas

Eu fiquei no Hostel Bruegel, que é um ótimo hostel bem no centro de Bruxelas, situado a apenas a 5 minutos a pé da Estação Central de Bruxelas e do Grand Place (Grote Markt). Eu fiz tudo a pé na cidade, com exceção da Mini Europa, que fica mais distante e é preciso pegar o metrô.

As acomodações são oferecidas em quartos com de 1 a 4 camas e as instalações incluem uma sala de jantar com restaurante self-service, bar, sala de televisão, sala comum, pátio com jardim, acesso à internet e café da manhã que está incluído no preço. Existe também uma sala de conferências disponível que tem equipamento audiovisual e oferece espaço para reuniões com até dezesseis pessoas.

A equipe do hostel é super atenciosa e o café da manhã é excelente. Vale muito a pena ficar nele. Para ver fotos, mais informações e avaliação dele, clique aqui.

Como se deslocar em Bruxelas

  • Metrô, Bonde e Ônibus: O modo mais barato de se deslocar em qualquer cidade. Eu geralmente só uso metrô em grandes cidades porque não tem nada mais simples e fácil que isso. Eu pego o mapa no próprio metrô e já foi. Em Bruxelas, eu só precisei usar o metrô uma vez, para ir ao Atomium e a Mini Europe.
  • Trem: As três estações em Bruxelas são: Gare du Nord, Bruxelles Central e Gare du Midi. A Bruxelles Central fica bem no centro de Bruxelas, próxima à Grand Place e é o ponto chave para ir para Bruges, Gent e Luxemburgo. Para viajar para ou de Bruxelas, consulte preços e horários no site da Sociedade Nacional de Trens Belgas ou Rail Europe. Ao lado da Bruxelles Central também é o local de onde saem os ônibus para Colônia, na Alemanha.
  • Táxis: Bruxelas não é uma cidade tão grande, gastei uma média de 14 € por corrida e, no final, nunca fica tão barato. Evite se puder.
  • Visit Brussels Line: Os famosos ônibus de turismo, que você pode subir e descer do ônibus como quiser com sua passagem, que é válida durante 24 horas. Por Bruxelas ser pequenas e as atrações um pouco concentradas, acho desnecessário esse tour.
Gostou? Compartilhe!

3 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + três =

3 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =