Casa Benin - Pelourinho

Casa do Benin recebe exposição e Oficina de Gastronomia Afrobaiana

Território africano somos nós! Ainda no clima do #Salvador468anos, a exposição “Telas da Cidade” na Casa do Benin, no Pelourinho, mostra a história da primeira capital do Brasil, a partir de pinturas representativas dos bairros e de plantas da cidade.

Entre as relíquias expostas estão a Planta da Cidade do Salvador do Livro que dá Razão ao Estado do Brasil, do início do século XVII; a Planta da Restituição da Bahia, de 1625; a Planta da Retomada da Cidade do Salvador, em 1625, por Dom Fradique de Toledo Osório; quadro espanhol e a Planta de Adolfo Morales de Los Rios, de 1898.

De forma permanente na Casa do Benin, acontece a exposição de Pierre Verger, etnólogo e um dos grandes nomes da fotografia mundial e que teve uma relação bastante intensa com Salvador. A mostra apresenta objetos e obras de arte trazidas pelo francês da região do Golfo do Benin, de onde desembarcaram a maioria dos negros que povoaram o Recôncavo Baiano.

O funcionamento da Casa Benin é de segunda a sexta, das 9h às 17h e, em homenagem ao mês de aniversário de Salvador, abrirá também neste sábado e domingo (1º e 2), das 10h às 16h.

Lembrando que no dia 31/03, o Benin promove de graça a Oficina de Gastronomia Afrobaiana, comandado por Ana Célia (Zanzibar), das 14h às 17h. Das 17h às 21h, é a vez do Ajeum Sonoro – Mostra Gastronômica com música, ao som do Coletivo Crokant (DJ Mauro Telefunksoul + DJ Leandro + DJ Raiz). O acesso é gratuito, mas para quem quiser apreciar o cardápio montado especialmente por Ana Célia, a entrada, prato principal e sobremesa sai por R$20,00.

Gostou? Compartilhe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *