Veja Comer e Beber Salvador

Confira os destaques da Veja Comer & Beber – Salvador 2015/2016

Esta semana saiu a Veja Comer & Beber – Salvador 2015/2016.

Considerado o mais confiável guia gastronômico de Salvador, a publicação segue a praxe dos anos anteriores, com jurados que avaliam estabelecimentos em blocos: comidinhas, bares e restaurantes.

Eu sempre tive esse guia em mãos, pois acho que ajuda na hora de escolher algo ou dar dicas para quem busca sugestões.

Apesar de, aparentemente, ter um leve cunho comercial, com poucas variações dos lugares destaques, a revista ratifica sua isenção na avaliação dos estabelecimentos. 👍

Algumas considerações sobre os melhores de Salvador desta edição:

COMIDINHAS:

– A novidade do ano fica por conta do Bolo das Meninas.

– O melhor acarajé permanece o Acarajé de Cira e eu concordo.

– Sorvete fica com A Cubana e com louvor.

Feito a Grão continua com o melhor café, eu aprovo.

BARES:

– Não houve vencedor para a categoria “Boteco”. Eu fico com o Boteco do França por adorar as comidinhas, pelo o fato da “rua” ser forte e por ser muito gostosinho ficar espremidinho lá dentro, rs.

– Cozinha de bar ganhou o Mocambinho. Não conheço e já fiquei com vontade de conhecer.

– Não houve vencedor para a categoria “Happy Hour”. Se alguém tiver uma boa indicação, quero saber.

– Música ao vivo: Commons Studio Bar. Super concordo.

– Bar revelação: Rhoncus Pub & Beer Store. Que mais proposta inovadora como a do Rhoncus pegue em Salvador e que seja o início de mais pubs na cidade.

RESTAURANTES:

– Carne: Pobre Juan. Ainda não conheço e nada como um nome forte nacional.

– Cozinha Baiana: Sempre alternando entre Donana – Casa de Tereza – Paraíso Tropical. Ficou com o tudo de bom Paraíso Tropical.

– Italiano: Depois de muitos anos com o Alfredo di Roma, ficou com o Zafferano.

– Japonês: O Soho segue sempre liderando. E será difícil mudar isso.

– Peixes e frutos do mar: Mistura. Não tem mistura de posição aqui. Impecável!

– Contemporâneo: Amado. Nome e fama já bem consolidados também.

– Menu de almoço por até 50 reais: Villa Bahia. Uma pena a extinção da categoria “bom e barato”. Ficou ainda mais salgado almoçar em Salvador.

– Restaurante revelação: A Casa Vidal. Há muito que tento conhecer esse restaurante. Fui em um domingo à noite mas estava fechado (?).

Apesar de constar referências, suprimiram as categorias “melhor pizza” e “pra paquerar”. Como assim?! 😱

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários