Sobre

Em 2013, estreava o “Voltei, Salvador – Porque o bom filho à casa torna”, que, com textos bem pessoais, trazia novos olhares para a cidade do Salvador. Cada abordagem contava histórias por trás de cenários urbanos, músicas, elementos culturais, estabelecimentos gastronômicos, expondo preferências, curiosidades e reflexões sobre diversas variáveis da cidade.

Em 2014, com uma nova roupagem, “Voltei, Salvador – Eu estou aqui, o que é que há?”, ganhou alma nova e maior dinamismo utilizando o interativo Instagram como plataforma principal. Com sagradas abordagens diárias, ora abrangentes ora peculiares, a fórmula do instablog deu tão certo que, em outubro/2015, nascia o Diário de Salvador.

Com o amadurecimento do projeto, presença nas redes sociais e de volta à web, o Diário de Salvador se reinventa e se propõe a pesquisar, inovar e experienciar o que Salvador tem de melhor, peculiar e atrativo, sempre com o intuito de oferecer aos seus leitores um conteúdo descolado, original e de qualidade.

Nós acreditamos que a internet além de informar, comunicar e entreter, pode ser um espaço para trocas ainda mais próximas, com conversas, diálogos e interações. Portanto, indicações de outras escolhas e caminhos serão bem-vindas aqui.

A missão do Diário de Salvador é seguir compartilhando informações, curiosidades, dicas e novidades que mereçam a atenção dos soteropolitanos e baianos – da terra ou de coração. E, o mais importante: sempre interagindo com você, leitor! Vamos adorar a companhia para vivenciarmos Salvador, juntos, claro! Afinal, teria graça se não fosse assim?

Sejam todos muito bem-vindos!

Comente direto no Facebook

comentários