Estapar - Estacionamentos Privados de Salvador

Os preços abusivos praticados nos estacionamentos privados de Salvador

No Pensar Salvador de hoje, vamos falar de algo que atinge em cheio o bolso de um número considerável de soteropolitanos e refletir sobre o que podemos fazer, enquanto sociedade civil organizada, para coibir os abusos praticados pelos inúmeros estacionamentos privados da cidade.

A gente já falou aqui, aqui, aqui, e aqui desse assunto um tempo atrás e cada vez mais ele se torna a pauta do dia: não há limites para os preços praticados nos estacionamentos privados de Salvador.

Parece não haver leis ou fiscalização, inclusive para as cobranças fracionadas e tempo de tolerância. E isso acontece em todos os lugares: prédios comerciais, edifícios garagem, estacionamentos na rua, Aeroporto de Salvador, estádio, rodoviária, festas, no próprio Pelourinho, clínicas, hospitais, etc.

Há um claro abuso e falta de regras quando uma mesma empresa, a Estapar, além de monopolizar os maiores e mais caros estacionamentos da cidade, o do Aeroporto de Salvador e da Itaipava Arena Fonte Nova, pratica preços diferentes no Hospital da Bahia (R$14,00) e Hospital São Rafael (R$12,00), a hora. Ou seja, duas horinhas em um hospital e já se vão R$28,00 ou R$24,00.

Dos shoppings, zona azul e dos flanelinhas já não escapamos mais. Que tenhamos, cada vez mais, um transporte público de massa integrado e eficiente e aplicativos de transportes rodando. Dos táxis mais caros do Brasil, pelo menos, já nos livramos.

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários