Perini - Salvador

Perini: relatos de algumas experiências gastronômicas

As outroras experiências gastronômicas na Perini sempre foram as melhores possíveis, até que morei um tempo fora, voltei e ela havia sido vendida ao grupo Cencosud. Depois disso, ouvi que muito tinha mudado e que não era a mesma coisa de antes e tal. Verdade que a opinião dos outros nesse ponto tão sensível nos influencia, sim, mas confesso que (ainda) não tenho uma nova opinião formada e eis que relato algumas experiências.

1️⃣Há pouco tempo eles servem um menu de almoço executivo na loja da Pituba, com preços de $19,90 a $29,90. Achei ótimo porque quanto mais opções para se comer barato em Salvador, melhor. O purê, a carne e a salada estavam bons mas a batata da salada estava velha, seca, sei lá o quê, impossível para o consumo. Registro que o gerente veio, entendeu e eu não paguei pelo prato. Em nenhum momento falei que tinha um site e tal e foi uma postura muito bacana dele e da loja, me surpreendeu demais. Outro dia, voltei pra almoçar mas não consegui e, nesse caso, a culpa foi minha. Travei. Vou tentar numa próxima. (foto em destaque)

2️⃣A famosa coxinha de frango com catupiry, continua lá, a salgados $10, mas continua boa e, talvez, um pouco menor.

Perini - Salvador

3️⃣O acarajé que sempre foi um supra sumo, infelizmente, ainda não posso dar uma opinião. Um dia pedi e os acompanhamentos estavam frios. Ok, nas bancas das baianas eles também estão, mas os acarajés saem pelando. Depois eles disseram que a máquina do buffet não estava aquecida. Não comi.

4️⃣A diversidade e qualidade dos produtos oferecidos na loja continua excelente. Tem um mix de produtos importados interessante, bons queijos, massas e um dos poucos lugares em que encontro manta de muçarela de búfala. Sem falar dos vinhos, que tem uma boa oferta, uns, inclusive, bons e baratos, que sempre compro e compartilho no Stories do Instagram!

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários