O que fazer em Cusco

Peru: O que ver, sentir e fazer em Cusco

Nesses dois posts a gente já falou da história e sobre o que mais irá te encantar em Cusco. Agora, vamos falar de algumas dicas sobre o que fazer em Cusco.

Um pouco da história de Cusco

Cusco é uma cidade interessantíssima porque é uma das cidades mais antigas habitadas continuamente no hemisfério ocidental. Ela fica no alto dos Andes a uma altitude média de 11.150 pés (3.400 metros) na extremidade oeste do vale de Huatanay, uma bacia que se estende 30 km a leste até Huambutio. É regada pelos pequenos rios Huatanay, Huancaro e Chunchullmayo, afluentes do Vilcanota. O ar geralmente é seco, e a geada é rara mesmo durante os meses mais frios, junho e julho. A estação chuvosa é de novembro a fevereiro.

Essa altitude traz um leve desconforto (tontura ou náuseas), sim, mas nada que um chá de coca não resolva. A cidade está tomada por eles e assim que você chegar ao seu hotel, não deixe de tomar, de preferência, com um pouco de açucar. Calma, que esse chá não dá onda nenhuma. A onda mesmo vai bater quando você sair andando e explorando as ruas de Cusco.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru

Enquanto os viajantes são susceptíveis de usar a cidade como ponto de partida para Machu Picchu, a maior atração turística do Peru, Cusco vale a pena visitar por si só. Tire um tempo para acalmar e experimentar a mistura de influências incas e espanholas que definem essa cidade extraordinária!

? O que fazer em Cusco:

Para explorar a incrível cidade de Cusco e o Vale Sagrado, não tenha pressa! Ao chegar em um novo lugar, somos tentados a correr e explorar. Você terá tempo para fazer isso, então, no início da sua viagem, reserve um tempo para relaxar, se hidratar (nada de álcool), comer pequenas refeições para se ajustar à altitude em Cusco (lembre-se, são quase 11.200 pés!). E, claro, recorra sempre ao chá de coca que é oferecido no seu hotel – realmente isso ajuda você a se aclimatar!

Plaza de Armas

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru

A Plaza de Armas de Cusco é liiiinda demais e é o centro cultural da cidade. Ao arredor da praça você encontrará restaurantes, bares e cafeterias – muitos com uma ótima vista da cidade – perfeito para passar uma tarde assistindo e se acostumando à elevação de Cusco.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)

No centro da praça encontra-se um jardim bem cuidado e uma estátua da régua Inca Pachacuti. A enorme e intrigante Catedral de Cusco está bem no meio. Forte e emocionante. Eu chorei. Símbolo da conquista espanhola, ela contém um toque peruano único na réplica da “Última Ceia” de Da Vinci: uma cobaia (cuy) aparece em uma das placas.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)

Experimente a vida noturna de Cusco

Saiba que Cusco é também um destino de festa! Dançe por toda a noite em uma ou em várias discotecas da Cusco. Albergues perto da Praça de Armas incentivam as massas de mochileiros a descer sobre os muitos bares e clubes que cercam a praça. O clube mais popular de Cusco, Mama Africa, tem música eletrônica, hip-hop e outros estilos até às 5:00 e fica numa das esquinas da praça. Vale a noitada e os piscos, claro!

Mama Africa, Cusco

Distrito de San Blas

O bairro artesanal de San Blas é notável por sua arquitetura e lojas pitorescas. A uma curta caminhada da praça, o terreno fica íngreme até o San Blas Plaza. A estrada Inca Hatunrumiyoc é um remanescente do passado da cidade e uma notável construção em pedra calçada que atravessa o bairro.

San Blas, Cusco

Pequenas lojas e galerias de arte alinham as ruas, oferecendo presentes ou lembranças mais autênticos do que as bugigangas encontradas na Plaza de Armas.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)

Korikancha (Templo do Sol)

Korikancha é a encarnação das influências entrelaçadas espanholas e incas em Cusco. Uma vez revestida de luxuosos lençóis de ouro, este templo inca do sol foi saqueado e destruído pelos espanhóis antes de construir a Igreja de Santo Domingo em cima das ruínas.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)

Hoje, o contraste entre a igreja e a base do templo é impressionante, tornando-se um dos sites mais interessantes do Cusco. Os visitantes podem percorrer as secções espanhola e Inca, curtir o seu jardim externo, que é uma paradinha estratégica para um descanso e conferir um museu no seu subterrâneo. Até múmias nele tem!

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)

Museu Inca

Museu Inca, Cusco

Antes de visitar os muitos sítios arqueológicos de Machu Picchu e do Vale Sagrado, vale aprender um pouco mais sobre a história do império no Museu Inca. Dirigido pela Universidade San Antonio Abad de Cusco, esta enorme (e linda!) coleção de artefatos está alojada numa casa colonial de um almirante espanhol.

Museu Inca, Cusco

Vinte e quatro salas de exposições são preenchidas com informações que datam das sociedades pré-Inca até o auge do Império Inca para a conquista espanhola. Destaque para as muitas e diversas obras de arte. Informações em inglês e espanhol.

Museu Inca, Cusco DSC03820

Andar, andar muito por suas ruas e interagir com as pessoas (crianças!)

A cada esquina, avenida ou ruelas que se apresentam, Cusco e o seu povo vão te surpreendendo e encantando cada vez mais.

O que fazer em CuscoO que fazer em CuscoO que fazer em Cusco

Olha que sorte! Neste dia estava tendo uma manifestação popular. Vontade de agarrar essas criancinhas!

Feche um pacote com alguma agência ou taxista e não perca tempo, parta ara SacsayhuamanTambomachay e a fortaleza de Puka Pukara.

Arredores de Cusco

Sacsayhuaman (Arredores de Cusco)

Ainda sobre o que fazer em Cusco, Sacsayhuaman era um antigo local religioso, bem como o cenário de uma sangrenta batalha entre as forças inca e os conquistadores espanhóis. Essa fortaleza ciclópica tem vista para o vale de uma colina de 230 metros acima de Cuzco. Muitas das suas pedras componentes são do tamanho de pedregulhos, pesando até 100-300 toneladas e medindo até 28 metros (8,2 metros) de altura.

As paredes de Sacsahuamán se estendem horizontalmente a mais de 305 metros. Torres defensivas e outras estruturas na colina atrás das paredes foram destruídas pelas forças espanholas, que levaram 80 anos para ser construída e com a força de trabalho de 20 mil homens. Tanto o tempo de construção como o método utilizado para transportar as pedras são desconhecidos.

Uma caminhada por Sacsayhuaman também inclui a vista do Cristo Blanco – a enorme estátua de Cristo que fica acima da cidade.

Cusco, o que fazer em Cusco, Peru(1)Vista linda de Cusco do alto. Visite Sacsayhuaman que você dará nesse mirante

Vista linda de Cusco do alto. Visite Sacsayhuaman que você dará nesse mirante

Tambomachay

Também conhecida como ‘Banhos dos Incas’, sua maior atração, a banheira de pedra, onde ainda hoje sai água de uma canal escondido entre as pedras, era outrora utilizada para rituais e cerimônias.

Puka Pukara

Próximo a Tambomachay, seu nome significa “forte vermelho” devido à cor avermelhada de suas pedras.

Essa é uma dma das vistas da ruína

Uma das vistas da ruína

Qenqo

A apenas 4 Km de Cusco, Qenqo significa ziguezague, que é o formato dos canais de água que passam pela enorme pedra que leva esse nome. Trabalhada pelos incas por motivos religiosos, provavelmente servindo de templo e anfiteatro, é um belo exemplo das esculturais pedras incas. Acredita-se que o local tenha sido usado para rituais e sacrifícios.

Gente, essas ruínas são muitos bacanas para serem visitadas. Mas me perdoem, não tirei nenhuma foto dessas ruínas…???)

‼O que ainda fazer em Cusco e no Peru

– Caminhada de 5 dias na Trilha Inca para chegar em Machu Picchu. Sim, é hype mas há uma razão pela qual pessoas de todo o mundo vão ao Peru todos os anos para essa experiência. [São necessárias permissões para esta caminhada e devem ser organizadas com antecedência]. Se você não conseguir um local na Trilha Inca (ou quiser evitar as multidões), há caminhadas alternativas à Machu Picchu, como a Salkantay ou Lares Valley. O cenário, dizem, é igualmente surpreendente, e você não terá trocentos caminhantes na trilha naquele dia. Você pode até ter uma experiência melhor em uma dessas caminhadas menos conhecidas. Vai ficar pra próxima!

– Saia do caminho conhecido e coloque uma dose de aventura! Você pode andar de bicicleta, paddle boarding, rafting ou andar a cavalo em Cusco e no Vale Sagrado. São formas especiais para experimentar a área, com vistas deslumbrantes das montanhas e poder visitar comunidades tradicionais.

Planetário. Para os Incas, a astronomia desempenhou um papel importante na vida cotidiana, influenciando o plantio e colheita de culturas, cerimônias religiosas e arquitetura. As maravilhas de fenômenos são exploradas no Planetário Cusco, onde os visitantes aprendem sobre a astronomia Inca e conduzem o olhar de estrelas. De propriedade familiar e operado, o planetário está localizado perto de Sacsayhuaman, oferecendo vistas deslumbrantes sobre as estrelas da alta elevação de Cusco. Para uma introdução adequada em uma parte vital do mundo andino, o planetário é imperdível.

– Mercado de San Pedro. Cheio de frutas, vegetais e carnes, bem como barracas de suco recém-espremidos. Os produtos são exibidos ao ar livre e quem pretende comprar qualquer coisa fresca deve chegar cedo. Para o almoço, o mercado abriga uma série de fornecedores de empanadas e tamales, bem como barracas de comida.

‼Tenha muito cuidado ao tirar fotos de pessoas locais e indígenas sem sua permissão. Não é legal. Se você pedir uma foto, espere ser autorizado e sempre pague por elas. Não dê centavos. Se você não quer pagar alguns soles, não tire a foto. A maioria dos locais não vai olhar diretamente para a câmera, então nem adianta dar instruções.

‼Não se esqueça de tirar sua foto com uma lhama em algum lugar. Por que não? Quando esta situação vai surgir em sua vida de novo? Elas são fofas demais!

? Ah, aproveite e beba muita Inca Kola, o refrigerante deles.

Saiba mais sobre dicas de lugares onde comer em Cusco e dica de hotel em Cusco.

 

Gostou? Compartilhe!

3 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − um =

3 comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =