Ollantaytambo - Vale Sagrado dos Incas

Peru: Ollantaytambo – O Vale Sagrado dos Incas

Acredita-se que as ruínas de Ollantaytambo datam de meados do século XV e foram construídas sob o comando do Imperador Inca Pachacuti. Menos de cem anos depois, as ruínas desempenharam um papel vital na resistência inca contra os conquistadores espanhóis. Essa rebelião foi liderada por Manco Inc e teve sucesso na derrota de uma expedição espanhola.

Muitos séculos depois, as ruínas foram mais uma vez lançadas ao centro das atenções, quando exploradas por um grupo de exploradores estrangeiros. Isso gerou interesse internacional nas ruínas, que tem mantido forte desde então. Hoje em dia, as ruínas são um sítio popular para pessoas de todo o mundo e geralmente são visitadas por aqueles que estão a caminho de iniciar o Caminho Inca para Machu Picchu.

Como são as ruínas de Ollantaytambo?

Como na maioria dos sítios arqueológicos incas, o que mais impressiona nas ruínas de Ollantaytambo são as pedras esculpidas de forma perfeita. O sítio arqueológico inclui uma série de terraços impostas, mostrando os impressionantes e grandes blocos de pedra finamente esculpidos e localizados no terraço superior (Templo do Sol).

Ollantaytambo - Vale Sagrado dos Incas

As ruínas incas de Ollantaytambo são vestígios das pessoas que foram ordenadas à construção por Pachacutec, depois de enviar seus habitantes e conquistar essas terras, impondo obras de infraestrutura agrícola, compostas por centenas de plataformas e canais para garantir a essas terra pontos de controle e vigilância, edifícios domésticos e cerimoniais. Além disso, elas serviram de ponte para conectar a vila ao Caminho Inca e elevaram satélites urbanos na rota para Machu Picchu.

A Praça Manyaraqui com suas fontes, acreditavam ser uma parte do centro para adorar a água. Sobre a colina de Pinkuylluna ou Tunupa estão imensos edifícios de pedra de 2 ou 3 andares, que é presumido para reservatórios agrícolas (colcas). Também é possível apreciara uma pedra enorme que se assemelha ao rosto Inca assistindo Ollantaytambo.

Como chegar às ruínas de Ollantaytambo

Partindo de Cusco, a melhor opção é na forma de passeio, como falei nesse post. A viagem de carro leva cerca de duas horas de Cusco. Da praça principal de Ollantaytrambo é muito fácil encontrar as ruínas.

Há também uma estação de trem em Ollantaytambo que leva você para Aguas Calientes (em rota para Machu Picchu). A maior proximidade, faz de Ollantaytambo um destino perfeito para parar no caminho para Machu Picchu.

O que fazer em Ollantaytambo

Uma vez que você explorou as ruínas principais, existe as ruínas de Pinkuylluna menos conhecidas, mas dizem igualmente fascinantes de Ollantaytambo. Bom ir com um guia. Eu não explorei.

Visitar os Andes peruanos significa ter a chance de ver algumas das mais incríveis ruínas do planeta. Meu conselho não é deixar Machu Picchu ofuscar as outras ruínas do país. Você ficará agradavelmente surpreendido com o que você encontra aqui!

‼As ruínas de Ollantaytambo estão abertas todos os dias das 7h às 17h.

Gostou? Compartilhe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =