Ponte São Carlos

Ponte Carlos: a história do monumento mais famoso de Praga

Mais que ligar o bairro da Cidade Velha ao bairro de Malá Strana, a Ponte Carlos (Karlův most) é um dos monumentos mais importantes da arquitetura medieval da região da Bohemia. A primeira ponte de madeira remonta ao ano de 1.118, sendo substituída por uma ponte de pedra em 1.158, denominada de Ponte Judith, servindo a residentes de Praga por quase dois séculos, até que foi varrida por uma inundação em 1.342. Em 1357, o imperador Carlos IV estabeleceu a fundação para a construção de uma nova ponte que se esticaria sobre o Rio Vltava com dezesseis arcos e cerca de cinco metros maior que a antecessora.

Ponte São Carlos - Praga

Embora muitos ressaltem sua força, a Ponte Carlos, no entanto, uma vez caiu. Em 4 de setembro de 1890, os arcos sexto e sétimo não aguentaram a pressão da enchente. Durante dois anos inteiros, a ponte permaneceu fechada ao tráfego geral. Muitos eventos históricos também ocorreram na Ponte Carlos, como por exemplo, lutas durante a Guerra dos Trinta Anos, onde cidadãos de Praga derrubaram os suecos que avançavam na Cidade Antiga.

A Ponte Carlos possui um total de trinta estátuas, sendo a primeira implantada em 1657: um crucifixo de ferro fundido com uma inscrição em hebraico, adicionada em 1696. A segunda estátua foi uma figura em bronze de São João Nepomuceno. A lenda diz que São João Nepomuceno não estava disposto a quebrar o selo do confessionário como exigido pelo cruel Rei Wenceslas IV – assim o piedoso clérigo perdeu sua vida: em 1393, ele foi jogado da Ponte Carlos nas águas da Vltava. Como resultado, virou uma tradição por toda a Europa de ter inúmeras imagens do Santo colocadas para proteger pontes e travessias.

Ponte Carlos - Praga. O que fazer em Praga

A estátua de São João Nepomuceno (oitava à direita, em direção a Malá Strana) é a mais disputada da ponte. A lenda que diz que se passar a mão na parte dourada da escultura embaixo da estátua e fazer um pedido é garantia que um dia você vai voltar a Praga. Pelo sim, pelo não, essa merece ser feita, rs.

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários