Paris, Londres e Salvador

Salvador e o Mundo, o Mundo e Salvador… Paris e Londres!

Da série: Salvador e o mundo, o mundo e Salvador – Basta um pouco de atenção para sentir o “nosso mundo” pelo mundo afora.

Dá pra comparar em termos objetivos o Brasil, a Inglaterra e a França? Dá pra comparar o quão desenvolvido é Paris e Londres Salvador? Com certeza, não! Dá pra comparar seus principais monumentos, a Torre Eiffel, o Big Ben e o Elevador Lacerda? Ah, isso dá, sim!

A Torre Eiffel tem 324m de altura, foi construída para a Exposição Universal de 1889, sendo hoje o monumento pago mais visitado do mundo. É o símbolo mais proeminente de Paris e não tem nenhuma grande função, a não ser atrair e encantar turistas com suas luzes que deixam todo mundo embasbacado e ter uma visão panorâmica de Paris de cima.

Diferentemente do que muitos pensam, Big Ben é o nome do sino e não o relógio da torre do Palácio de Westminster, o Parlamento Inglês. Com o tempo, o “Big Ben” acabou passando a se referir à torre inteira. Apesar de poder fazer uma visita guiada ao Parlamento, não é possível ver o sino de perto, visto que a visita à torre é restrita aos moradores do Reino Unido. Também um símbolo distintivo de Londres, tem arquitetura neo-gótica e foi inaugurado em 1850.

O Elevador Lacerda é o primeiro elevador urbano do mundo. Cumpre a função de transporte público entre a Praça Cayru na Cidade Baixa e a Praça Tomé de Sousa na Cidade Alta. Com 72m de altura e duas torres, foi inaugurado em 1873. Sua arquitetura segue o estilo artístico art déco. Com quatro cabines, transporta cerca de 20.000 pessoas por dia e a viagem dura cerca de 30 segundos. É também um dos ícones mais importante de Salvador.

Cada monumento com seu propósito, estética e funcionalidade. Em comum: poder apreciar as diferentes belezas de Paris e de Salvador de cima, foram construídos na mesma época, a beleza de cada um deles, em especial, à noite, e sua grande importância para a identidade de cada uma dessas cidades.

Existe melhor ou pior? Sinceramente, não. A grande diferença são os investimentos, interesses e prioridades em fazer deles e dessas cidades uma fonte inesgotável de atração de turistas do mundo inteiro.

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários