Salvador e o Mundo

Salvador e o Mundo, o Mundo e Salvador… Roma!

Da nossa gostosa série: Salvador e o Mundo, o Mundo e Salvador – Basta um pouco de atenção para sentir o “nosso mundo” pelo mundo afora.

O post da nossa série hoje será um pouco diferente! Vamos falar para vocês sobre uma matéria que saiu na revista italiana Ulisse sobre Salvador. Acredita? Pois é, quase não acreditamos também quando vimos essa matéria em Roma – Itália.

Um breve resumo das informações publicadas e nossas considerações, claro!!

1. Salvador é denominada como “Salvador da Bahia de Todos os Santos”. (Ok, tudo bem essa longa e antiga denominação. A associação “Bahia” e “baía… de todos os santos” também guarda uma certa coerência).

2. “a alma negra da América Latina”. (É vero!).

3. “90% da população é negra ou mulata”. (Com tanta mistura nos nossos povos, esse número ainda não diminuiu?).

4. “uma África encravada do lado oposto ao oceano Atlântico”. (Achei muito poético isso! E Sim, Saulo já falou que somos um território africano).

5. “Divindades do Candomblé são exibidas no Hansen Bahia Museum”. (Infelizmente não sei onde fica esse museu. Alguém sabe? Será que eles queriam falar do Dique do Tororó?).

6. “Os chamados orixás: metade homens, metade deuses, têm fortes afinidades com os santos Católicos”. (As afinidades realmente existem, mas a Igreja Católica não é muito aberta a essa comunhão de princípios).

7. “Bloco afro é a tradicional escola de música da Bahia”. (Que sonho! quem dera fosse, né?!).

8. “Durante os finais de semana, o Ilê Aiyê abre suas portas para visitantes descobrirem como é bom ser convidado para um dos epicentros musicais do planeta”. (Nossa, aqui a revista foi forte! Eu conheço a musicalidade do Ilê, e não discordo nem um pingo desse momento alto da música no planeta. Só precisaria os próprios baianos comprovar e se convencerem mais disso!).

9. “Carlinhos Brown é reconhecido pelo seu chapéu de cawboy e look entre Gato Barbieri e um gangster cubano vindo de Miami”. (Hahaha, essa parte foi muito engraçada, mas reconheceram a importância do mestre Carlinhos Brown).

10. “Amaro da Purificação”, é o local de nascimento de Caetano Veloso, “the Raphael of Brazilian music”. (Ave Maria, comparou e colocou Caetano no mesmo panteão dos mestres renascentistas). 

Gente!!! Eu ameeeei essa matéria e revista!!!! Que honra ter encontrado essa matéria numa conexão em Roma! Muito bom saber o que o mundo fala da gente!

Gostou? Compartilhe!

Comente direto no Facebook

comentários