Museu Du Ritmo

Sobre Brown, seu sarau e o Museu Du Ritmo

O Sarau du Brown é uma festa que já faz parte do calendário baiano e vou tecer alguns comentários sobre ela:

– Bom perceber que o público que frequenta é bem diversificado, de todas as idades. Acredito que a própria figura do Carlinhos Brown favoreça isso.

– Aparentemente o nome “Museu Du Ritmo” é meio que virtual. Não há menção a esse nome em nenhum lugar do local. Na frente do museu está grafado bem grande o nome “Sacaria Tropical”. Oi?

– Quem vai de carro, encontra a já conhecida e desgastante situação ao tentar estacionar: os “donos da rua” cobrando valores exorbitantes, antecipados e quase nunca ficam até o final. Em alguns pontos ficam os credenciados da Prefeitura com as cartelas de estacionamento, a preços um pouco mais justo.

– O valor do ingresso em 2014 e 2015 custou o mesmo valor: R$80,00. É o preço um pouco alto, visto ser um evento que possui incentivo do Min. da Cultura e que poderia ser mais barato.

– O evento é sempre lotado. É um pouco complicado para se locomover e o calor (não entra vento!) só piora a situação.

– O local é realmente o melhor! A estrutura rodeada de ruínas, que o faz singular. E, se encanta os baianos, imagine a quem é de fora.

Museu Du Ritmo

– Antes do início do show de Carlinhos Brown, ocorrem variadas apresentações culturais. É bem interessante, que destoa do comum. São vários convidados e espetáculos de danças, músicas, leitura de textos, o que faz realmente do evento um sarau.

– Brown se garante no palco, e ver nele um artista completo, que vai muito além de um simples cantor/animador é estimulante. Difícil mesmo é se livrar dos ‘vícios do axé’ e seus repetitivos e chatos “quem tá feliz dá um grito”, “ajaiô”, etc.

– Misturando músicas suas e da Timbalada, junto com os outros elementos, acho que Brown faz uma combinação ótima. Difícil é adaptar a in-com-pa-rá-vel volta no i-nes-que-cí-vel Guetho Square com a volta no Museu du Ritmo.

Confira um pedacinho so show aqui: Carlinhos Brown – Meia lua iniera

Gostou? Compartilhe!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − onze =

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =