Ambulantes fixos calcadas

Ambulantes fixos nas calçadas | Pensar Salvador

Andar a pé é sempre um ato transformador. Caminhar pelas ruas é uma forma de se aproximar do lugar em que a gente mora, de se atentar mais ao que está acontecendo, para a vida do lado de fora. Conseguir identificar melhor as potencialidades e os problemas de um lugar. É perceber o espaço urbano como um lugar de conflito, de convivência de várias identidades que o permeiam e o constituem como um lugar múltiplo, diverso, cultural, político, etc. E toda essa teia cria sua imagem do que é aquele lugar, do que ele significa pra você e ajuda a construir um legítimo sentimento de cidadania. Andar a pé é um direito de todos, um dos mais básicos.

Ambulantes fixos calcadas

Calçadas do Comércio

E vivenciar a cidade em sua forma plena é poder e ter condições de andar pelas suas ruas, tendo os pedestres sempre prioridade. E isso também se entrelaça com o conceito de cidade viva, da vitalidade de uma cidade, que não se limita à quantidade de pessoas e, sim, a sensação que o espaço público transmite, se ele convida ou afasta as pessoas, etc.

Ambulantes fixos calcadas

Calçadas da Avenida Sete de Setembro

Aqui, queremos pontuar duas realidades (sabemos que complexas, de causas e soluções) da nossa Salvador:

– o quanto essa cidade não é pensada, prioritariamente, para a mobilidade de pedestres;

– nos poucos lugares em que essa mobilidade é favorecida (especialmente no Centro Histórico/Antigo de Salvador), as diversas dificuldades que se apresentam. Vamos pontuar apenas sobre os ambulantes fixos e pequenos comércios que ocupam as calçadas. Longe de nós aqui questionar o trabalho, o ganha pão de qualquer pessoa. Vendedores ambulantes móveis são importantes, inclusive, para a história e a cultura urbana da cidade, com seus jeitos e produtos típicos. Ambulantes fixos que empurram o pedestre para andar na rua, que espantam turistas, que enfeia a cidade, que impede o ir e vir das pessoas, inclusive das que já têm limitações de acessibilidade é um problema sério, de ordenamento e fiscalização pública.

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: