As ruínas da Sé Primacial do Brasil

Neste dia que simboliza o Descobrimento do Brasil, algo simbólico e primitivo em Salvador e que remete a esse longínquo tempo são as ruínas da Sé Primacial do Brasil ou Igreja da Sé ou Sé de Palha, primeira Catedral do Brasil edificada no século XVI.

A sua construção iniciou-se em 1552 pelos jesuítas e após diversas ampliações e reformas, a Catedral da Sé ficou conhecida pela sua virtuosidade, dimensão e uma ostentação particular, sendo considerada o templo mais grandioso das Américas no século XVIII.

A Sé, devido a sua suntuosidade e proporções amplas necessitava de reparos contínuos, porém devido a omissão política, os cuidados não aconteciam a contento. No inicio do século XX, com a perspectiva de direcionar a cidade de Salvador para a era do desenvolvimento e assim, anular e retirar os grilhões do passado, algumas construções foram demolidas dando passagem à modernidade. A Companhia Linha Circular de Carris da Bahia que almejava expandir os trilhos do bonde em linha reta e ligar a Av. Sete de Setembro às ruas do Centro Histórico, o que torna a Sé um empecilho para a realização deste projeto.

Apesar de historiadores, críticos de artes, pesquisadores e a população baiana iniciarem uma série de debates na tentativa de impedir que este movimento destruísse edificações de importância histórico-cultural da cidade, em 1933, num ato infeliz de impulso modernista, no governo de José Joaquim Seabra, a “Sé Primacial do Brasil” foi demolida.

Uma jóia perdida que virou uma fratura exposta no coração de Salvador.?

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: