Ouarzazate e Ait Ben Haddou

Bate e volta de Marrakech: Ouarzazate e Ati Ben Haddou

Em nossa programação de viagem para Marrakech, reservamos um dia para fazer algum bate e volta da capital do Marrocos. Queríamos que fosse uma experiência mais autêntica e genuína possível e quem foi fundamental nisso foi a empresa Siroco Tours. Eles oferecem quatro tipos de passeios a partir de Marrakech e o bate e volta até as cidades de Ouarzazate e Ati Ben Haddou, eles garantiram que seriam a experiência mais próxima possível do deserto.

Pensamos e pesquisamos bastante sobre o Deserto do Agafay, mas estava muito claro que era algo mais fake, pra tirar fotos montadas pra se exibir em redes sociais e um deserto de pedras que não tem nada a ver com o arenoso Deserto do Saara. Inclusive, caso sua intenção seja conhecer o Deserto do Saara, é preciso ter mais dias disponíveis no Marrocos ou ir para Fez, cidade mais próxima do Saara. Tínhamos apenas três dias em Marrakesh e sabíamos que não seria dessa vez que conheceríamos conhecer o maior deserto do mundo.

Ouarzazate e Ait Ben Haddou são duas cidades que ficam no Alto Atlas, uma área com grande relevo histórico e cultural. O caminho até elas permite observar paisagens únicas, super diferentes, pequenos povoados e pequenas cidades em terracota e como a vida dessas populações passam bem lentamente, especialmente, os povos berberes.

Ouarzazate

Ouarzazate é uma cidade pequena, com uma arquitetura moderna e tranquila, mas sempre inspirada nos marcos da tradição marroquina. O deserto do Saara está a 300 km, mas você já pode sentir isso no ar.

Geralmente, os turistas chegam a Ouarzazate através da passagem da montanha Tizi-n-Tichka, uma das estradas mais espetaculares do país. São quase 200 km de uma estrada bonita, hiper sinuosa, embora um pouco perigosa, e que atinge 1.300 m acima do nível do mar.

 

Esta estrada foi construída sob o protetorado francês no início do século 20, mas está constantemente em estado de reparo e avanço. E, infelizmente, isso te faz perder um pouco de tempo no caminho. A passagem de Tizi-n-Tichka estabeleceu uma forte ligação entre Marrakech e o sul e continua sendo uma das poucas maneiras pelas quais pessoas e mercadorias passam pela Cordilheira do Atlas. Quando você desce pelo Alto Atlas para o “outro lado”, parece que chegou a outro planeta.

Em Ouarzazate, você poderá conhecer a antiga muralha e a fortificação do Kasba Taouirt e o palácio do Pasha Glaoui. Nós não fomos até eles devido o avançar das horas e só conhecemos o Atlas Studios, que é um grande estúdio de cinema, o mais importante do norte de África, onde foram filmados alguns filmes, como “Lawrence da Arábia”, “Ben Hur, “O Gladiador”, “Jesus de Nazaré”, produções modernas como “The Game of Thrones”, Missão Impossível”, “Prision Break”, etc.

Você pode visitar os estúdios de cinema (Atlas Studios, entrada 80 dh / pessoa, das 8:30 às 18:00 – dependendo da estação) e o Museu de Cinema (entrada 50 dh / pessoa, das 8h às 18h. Graças às suas paisagens incríveis, boas infra-estruturas, pessoas amigáveis e autorizações baratas, Ouarzazate tornou-se muito popular entre os produtores de filmes, uma espécie de oásis para cineastas de todo o mundo, sendo chamada também de “O Portão do Deserto” ou a “A Hollywood Marroquina”.

Ait Ben Haddou

Localizada a 30 km de Ouarzazate, na estrada para Marrakech, está a encantadora e impactante Ait Ben Haddou. A contradição de sua arquitetura extraordinária e simples, expressa o espírito simples da população local, bem como as grandes aspirações da nobreza do deserto. Você pode encontrar prédios pequenos e simples, como mini-palácios decorados e detalhados.

Ait Ben Haddou é uma verdadeira pérola e é impossível não ficar embasbacado com sua imagem no horizonte, especialmente a sua grande medina. Ainda habitados por três famílias, os edifícios erguem-se sobre uma colina acima de um riacho largo – um rio periódico que, após fortes chuvas nas montanhas, se transforma em um rio que flui de uma vala seca.

Ait Ben Haddou é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO, e é o ponto mais importante na “Rota dos Mil Kasbahs”, uma rota de pequenas fortificações que permitiam defender as caravanas comerciais na sua rota entre o deserto do Sahara e a cidade de Marraquech. Ainda hoje é habitada e serviu para cenários de filmes como “O Gladiador”, “A Guerra dos Tronos”, por manter a sua identidade intacta.

Bate de volta de Marrakech a Ouarzazate e Ait Ben Haddou com a Siroco Tours

A viagem de Marrakech até Ouarzazate e Ait Ben Haddou dura cerca de quatro horas, a estrada é bastante sinuosa e a minha dica é que você acerte o início do passeio o mais cedo possível para o dia render bastante. O passeio com a Siroco Tour é feito em um carro particular, 4 x 4, com guias árabes que falam bem o português, e isso faz toda a diferença na viagem. Eu nem consigo imaginar como seria fazer esse passeio sem um guia que te passe segurança e que fale bem o português. E a Siroco Tours é uma empresa tão competente e responsável, que jamais me arriscaria a fazer qualquer outro passeio que não fossem com eles no Marrocos.

Tudo nessa viagem se tornou memorável porque nos sentimos seguros e confortáveis, graças à Siroco Tours, especialmente a Alexandra, que organizou tudo desde o início com muita maestria. O nosso querido guia Said nos proporcionou muita segurança até Ouarzazate e Ait Bem Haddou. Além de uma guia nota dez, foi um amigo e parceiro durante toda a viagem, nos dando liberdade, atenção, se mostrando solícito e preocupado com o nosso bem estar, além de ser uma pessoa muito boa, com ótima cultura geral. Como já havia falado, a ausência da barreira da língua ajudou muito e isso foi muito importante, pois tínhamos a chance de perguntar e aprender bastante sobre a história do lugar. Said foi super parceiro, prestativo, nos acolheu como um amigo de verdade e nos explicou muito sobre a cultura maravilhosa do Marrocos e dos povos Berberes.

O nosso querido guia Said!

Além do bate e volta de Marrakech, fechamos com a Siroco o transfer de ida e volta do aeroporto até o riad (hotel). Os carros são grandes, os guias atenciosos e se preocupam com todos os detalhes, desde o contato inicial no aeroporto até o deixar das malas no hotel, dentro da Medina. Isso é importante porque carros não entram na Medina, então, é preciso que algum local leve suas malas até dentro do riad, mas os guias intermediam isso também.

Foi no nosso transfer de volta ao aeroporto com a Siroco que conhecemos o guia Rachid, outro ser humano maravilhoso, que jamais iremos esquecer. Além da educação, simpatia e responsabilidade, foi extremamente gentil e nos contou e mostrou vários detalhes da cultura marroquina que só quem conhece bem e ama, de verdade, a sua cultura poderia saber. Rachid é uma verdadeira espécie de patrimônio do Marrocos, ele já saiu em alguns programas e já deu diversas entrevistas. Pense numa pessoa iluminada!

Em suma, todos os serviços que fechamos com a Siroco foi uma experiência inesquecível e maravilhosa! Todos da Siroco, Alexandra, o nosso guia Said e Rachid foram espetaculares, competentes, prestativos e nos deram todas as informações necessárias para garantir momentos maravilhosos e seguros. Tudo foi acima da nossa expectativa! Eu recomendo demais e pretendemos voltar em breve. Experiência única!

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: