Carnaval de Salvador 2019 - Uma breve análise

Carnaval de Salvador 2019 – Uma breve análise

O Carnaval de Salvador mudou muito nos últimos anos. Não temos mais um carnaval tão segregado e elitista, com um paredão de pessoas (cordeiros) separando pessoas de pessoas e nem é preciso pagar uma mini fortuna para pular perto do seu artista favorito. Ainda que tenha sido essa justa conjuntura que fez a nossa fama e isso permaneça em menor escala, novos tempos bateram à nossa porta. Temos um carnaval mais democrático, igualitário e participativo nas ruas. Nossas músicas, estrelas, circuitos não são mais os mesmos e novos personagens, arranjos e conjunturas vão se formando.

Percebi o Carnaval de Salvador 2019 como um carnaval diverso. Há uma super concentração na Barra, visto que quase todos blocos migraram ou já estavam lá e a não mescla dos circuitos causou o esvaziamento do Campo Grande que foi preenchido pelos blocos afros (Carnaval Ouro Negro – maravilhoso!), “pipocas” com grandes artistas (Saulooo) e outras atrações. O Pelourinho recebeu bastante atrações e o Rio Vermelho surgiu como um circuito também para crianças. Sobre o Carnavalito, ainda não tenho condições de opinar, rs.

Os novos tempos também trouxeram diversidade. E, mesmo que ninguém comente, os blocos de carnaval não mais se distinguem pelos artistas e quase que se dividiram entre “gays” e “heteros”. A gente torce que no futuro todos estejam juntos e misturados.

Daniela Mercury é uma verdadeira artista no sentido estrito da palavra. Sempre se recriando, reinventando e inovando com ousadia e coragem. Muitas vezes criticada, segurando vaias mas sempre sem deixar a peteca cair, inovando e surpreendendo!

Claudia Leitte sempre fez o seu dever de casa no carnaval muito bem feito. Mesmo grávida, encarou a pipoca no Campo Grande, três dias de bloco e um dia em Barreiras. Palmas pra ela! Sabotavam Claudia e ela também um pouco. Mas tem um tempo que ela tá num ótimo balancinho, rs.

Alinne é uma ótima cantora, torço muito pelo seu sucesso e Deus me livre de falar das roupas de qualquer mulher. Mas é impossível não lembrar de uma frase de Coco Chanel: “Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher”.

Sempre faz falta: Carlinhos Brown (que disse já ter se despedido do carnaval de rua de Salvador), mais Geronimo, Timbalada, mais Margareth Menezes, mais Luiz Caldas, mais Saulo, Tatau, Ninha, Gilmelândia, Marcia Freire, Netinho

Pablo Vittar, Tiago Abravanel, Anitta [cantando Faraó (?)] vão na paz e não voltem jamais. Ainda mais se pagos com o nosso dinheiro público.

Bell, Durval, Ivete, Marcio Vittor, Tony Salles, Xandhy, Léo Santana, etc, vida longa pra vocês que possuem imensa importância pra beleza e diversidade dessa festa!

Baiana System, não canta axé, não canta pagode, um marco! Até que foi um ano com diversidade musical e sem o monopólio dos pagodes baianos.

Em 2019, foi mais que perceptível a enorme disputa entre a Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado, cada um querendo mostrar mais suas marcas nos trios, quem mais artista patrocinou, etc. Falamos aqui que achamos controverso cadeia de ações diferentes para uma mesma coisa e que seria ótimo uma integração em prol do fortalecimento do nosso carnaval, da nossa cultura e da racionalização de gastos públicos com artistas no Carnaval.

E o que desejamos? Que essa competição permaneça mas agora no circuito do Centro Histórico de Salvador. Um ficaria com a “Cidade Alta”, com reformas de casarões, melhorias e incentivos da Av. Sete/Carlos Gomes até o Santo Antônio Além do Carmo e o outro com o circuito da “Cidade Baixa”, da Ladeira da Preguiça até os confins do Comércio, na Igreja Santa Luzia do Pilar.

Os investimentos seriam bem menores e os benefícios não seriam apenas de seis dias, mas imensuráveis e para toda uma vida. Pra cidade, pra nossa história, pros turistas, e, especialmente, pros soteropolitanos. E então, o mundo não apenas se uniria aqui ou escolheria Salvador. O MUNDO DESEJARIA SER SALVADOR!

Foto: Reprodução/Internet – G1 Bahia

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: