Correios Salvador

Correios em Salvador: como está a atual situação das agências da Pituba e do Comércio

Ninguém nega a importância dos Correios para o país (ele foi criado na época do Brasil Colônia, em 1663!), é a maior estatal do Brasil em número de funcionários, com 95.000 empregados; porém lá se vai mais de uma década de escândalos de corrupção, despesas crescentes e um passivo bilionário – 7 bilhões de reais é a estimativa do déficit dos Correios, de prejuízos financeiros acumulados e dívidas trabalhistas e judiciais (Fonte: Exame). Sustentado com dinheiro público, uma coisa é certa: modernizações e ações estratégicas precisavam ocorrer nos Correios.

Na próxima semana, o antigo prédio dos Correios da Pituba irá mais uma vez para leilão, com valor mínimo estimado em cerca de R$168 milhões e o fruto da venda será investido na própria estatal. Considerando todo o terreno, o imóvel tem potencial construtivo estimado de 105 mil m² e tomara que ocorra êxito na ação, e que venham novos investimentos privados para esse quarteirão da Pituba (alguma ideia?).

Sendo assim, esses são os dois cenários nas duas principais agências dos Correios em Salvador:
– Pituba (foto em destaque): Um verdadeiro elefante branco, que há muito tempo estava com instalações ociosas, há dois anos tentando ser leiloado.
– Comércio (foto abaixo): Prédio histórico na Praça da Inglaterra, há muitos anos praticamente abandonado (tinha um pequeno bosque em cima dele) e que, atualmente, já está sendo reformado.

Correios Salvador

O que você acha da modernização dos Correios?

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Me notificar caso:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
-->