Vatapá e Caruru

Da série – Clichês Baianos Imbatíveis: Vatapá e caruru

Vatapá e Caruru. Quem ousa separar esses dois pratos da culinária afro-brasileira e baiana?

Aperfeiçoados na Bahia, o vatapá tem influência da culinária africana trazida pelos africanos escravizados, a partir do século XVI. Com os ingredientes encontrados nesta nova terra e a necessidade de suplementar sua dieta alimentar, outros pratos foram desenvolvidos, que passaram a ser típicos da culinária brasileira, a exemplo do angu. Versátil, o preparo do vatapá pode incluir pão molhado ou farinha de rosca, fubá, gengibre, amendoim, castanha de caju, camarões frescos ou secos, entre outros.

O caruru é um cozido de quiabos (planta africana) ou carurus (planta das Américas). O preparo com quiabos e dendê foi trazido para o Brasil pelos mesmos africanos escravizados, constituindo hoje um prato típico da culinária baiana. Para o prato teriam sido combinadas as culinárias do Daomé, Nigéria e indígena da Bahia. Originalmente, o caruru brasileiro era um refogado de ervas que servia para acompanhar outro prato (carne ou peixe). A versão atual do caruru, no entanto, é mais africana que indígena, sendo feita com quiabo, pimenta-malagueta, camarão seco e azeite de dendê.

A importância dessas iguarias é tão grande para o povo da Bahia que o compositor e cantor baiano Dorival Caymmi imortalizou a receita do vatapá, numa música de mesmo nome, que diz assim: “Quem quiser vatapá, ô, que procure fazer. Primeiro o fubá, depois o dendê…”

O caruru baiano é um verdadeiro marco do sincretismo religioso afro-brasileiro na gastronomia! Grudadinhos, o vatapá e caruru são utilizados, também, para rechear outro quitute típico da Bahia: o nosso amado acarajé!

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Me notificar caso:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
-->