Instituto do Cacau da Bahia

Instituto do Cacau da Bahia e Museu do Cacau | Pensar Salvador

Esta semana vamos pegar o embalo e continuar falando sobre o Comércio, esse lugar sui generis de Salvador, o qual tem pautas intermináveis. O prédio do Instituto do Cacau da Bahia é um dos maiores prédios do Comércio, junto com o do Banco do Brasil e o dos Correios. Com arquitetura moderna e linhas consideradas avançadas para a época, o projeto foi assinado pelo arquiteto alemão Alexander Buddeus, em 1932, sendo inaugurado em 1936.

Há anos fechado, quem não se lembra quando foi esse incêndio, já vamos refrescar sua memória: 2012. E, desde essa data, assim se encontra o prédio. Próximo à nova e linda Praça Marechal Deodoro, o Museu do Cacau (fechado desde então) contava a história da cultura cacaueira baiana, com rico acervo (quadros, móveis coloniais, documentos, louças, urnas indígenas). Uma dobradinha maravilhosa para arrebatar soteropolitanos e turistas para descer e percorrer todo o bairro. Por ora, apenas a pandemia deveria estar impedindo isso.

Conheça um pouco mais sobre a história do prédio nos cards que ficam na entrada do SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão). No prédio também funcionam uma agência bancária, um restaurante popular e alguns órgãos do governo estadual.

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: