Ele Sim

O “Ele Não” e o “Ele Sim” em Salvador

Na reta final da eleição presidencial brasileira de 2018, nesse último final de semana, Salvador foi palco de duas grandes manifestações, uma contra e outra a favor do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro.

Os manifestantes contra Bolsonaro (foto 1), se reuniram, sábado, no Campo Grande e, ao coro de “Ele Não”, o movimento encabeçado, principalmente, pelas mulheres, contou com apoio da cantora Daniela Mercury e protestou com frases e cartazes contra o racismo, a homofobia e a misoginia, respeito aos direitos das mulheres, entre outros.

Os manifestantes pró-Bolsonaro (foto 2) se reuniram, domingo, no Farol da Barra e, ao coro de “Ele Sim”, o movimento defendeu os ideais do candidato e contou com pessoas vestidas de verde e amarelo e bandeiras do Brasil. O ato foi uma reação ao protesto “Mulheres contra Bolsonaro” realizado no dia anterior.

É muito bom ver Salvador sendo, cada vez mais, uma capital politizada e palco de grandes manifestações, sejam elas quais forem.

A liberdade de expressão é o oxigênio de uma democracia e a diversidade é uma das maiores riquezas do ser humano. Por isso, é preciso haver, acima de tudo, respeito. Nem sempre pensamos iguais, mas isto não significa, necessariamente, que o outro pense errado. Precisamos deixar muitas vezes o egocentrismo de lado e nos conscientizar que nem tudo é, ou deve ser, do jeito que queremos. É fundamental respeitar a escolha democrática e individual de cada pessoa!

Foto 1: Uol – Reprodução/Internet. Foto 2: Maíra Azevedo – Reprodução/Instagram

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: