Compras no Paraguai

Paraguai | Compras em Ciudad del Este, ainda vale a pena?

Eu visitei o Paraguai na década de 90, quando comprar no país e, especialmente, em Ciudad del Este estava no auge. Milhares de turistas, sacoleiros e vendedores ambulantes iam ao país pra comprar artigos pessoais e, principalmente, para revender. Os preços eram bastante baixos comparados aos do Brasil e isso era o grande chamariz para a cidade.

Mês passado, minha irmã visitou Ciudad del Este e, como eu já havia tido a experiência de compras na cidade, resolvi fazer esse post, com base também nos relatos dela.

→ A Ciudad del Este

Quem visitou Ciudad del Este na década de 90 conheceu o caos que era a cidade formada por uma multidão composta por diversos tipos de pessoas, atraídas quase que unicamente pelos preços atrativos dos produtos oferecidos nas lojas e ruas. Atualmente, apesar do movimento ter diminuído, a cidade não parece estar muito diferente do que era antes, com tudo acontecendo de uma só vez, junto e misturado (carros, motos e pessoas).

A Ciudad del Este é o maior centro comercial das 3 fronteiras, onde você pode encontrar mercadorias de todas as partes do mundo. Seu centro é compacto e cheio de pequenas barracas de mercado pelas ruas, além de lojas e shoppings. Como numa grande feira ao ar livre, vendedores chamam a atenção de quem passa e os abordam para vender seus produtos (a mega promoção das meias continua em alta, kkk) ou para dar informações de locais (sempre atrás de gorjetas). Em todos os momentos, claro, alguém está vendendo algo ou pechinchando preços.

Sobre a cidade em si, as pessoas sempre alertam que ela não é segura, que é perigosa, que tem que levar o dinheiro na meia, mas, nos dois momentos, não nos sentimos inseguras assim. Como qualquer lugar bastante movimentado, é preciso tomar cuidado, apenas. Dinheiro sempre na doleira, bolsa na frente e já está ótimo. Nos shoppings as pessoas são muito amigáveis ​​e, nas ruas, apesar das insistentes abordagens dos vendedores, basta o jogo de cintura que já estamos acostumados nos grandes centros urbanos de compras do Brasil.

→ Compras em Ciudad del Este

Ainda em tempos de taxação abusiva no Brasil, Ciudad del Este atua como um centro para moradores e turistas interessados ​​em consumir produtos em um ambiente livre de impostos. Porém, é preciso ter em mente que fazer compras em Ciudad del Este requer um pouco de conscientização e segurança, para evitar ser roubado por fraudadores que vendem produtos de baixa qualidade e para ficar longe de vendedores de contrabando desonestos.

Pela recente experiência da minha irmã, o Shopping Monalisa vende produtos mais caros e o Shopping Ciudad del Este vende produtos mais baratos, sendo esse excelente para comprar cosméticos, perfumes e eletrônicos. Eletrônicos sempre foi e continua sendo o melhor tipo de compra no Paraguai, pois tem muitas, muitas opções. Roupas não compensa, visto que, excluindo as nitidamente falsificadas, há poucos lugares com pontas de estoque de marcas famosas.

Os fornecedores de eletrônicos tendem a ficar mais em lojas e nos shoppings e posso garantir que se você acha que não precisa de algo, basta começar a explorar, que você vai sair de lá com algumas coisas que achava que não precisava, haha. 

Antes de dizer o preço, eles perguntam em que moeda você gostaria de pagar, visto que eles aceitam o Guarani (Paraguai), Real (Brasil), Pesos (Argentina) e Dólar (EUA). A melhor forma de pagamento, para nós brasileiros, é comprar em dólar e já levar o dólar em mãos, visto que o câmbio praticados nas lojas é bem ruim para quem paga em real.

Como a melhor forma de pagamento é em dólar e por o dólar estar bastante valorizado em relação ao real, a verdade é que não compensa tanto mais fazer compras no Paraguai, visto que também não há oferta de bons produtos, como nos EUA, por ex. A grande dica é: se você está em Foz do Iguaçu, compensa ir comprar alguma coisa (como consumidor), mas não compensa ir para Ciudad del Este apenas para fazer compras e, especialmente, se você busca algo de maior qualidade. 

→ Como ir e voltar de Foz do Iguaçu

Ciudad del Este é bem movimentada e, se você quer fazer bastante compras, o ideal é chegar de manhã cedo para fazer o dia render e não pegar fila na fronteira. Ir de táxi é sempre cômodo e eles buscam de volta com as compras, porém a conta pode ficar um pouco salgada (por volta de R$ 200,00).

Uma opção mais barata é ir de carro e deixar o carro no estacionamento ao lado da Ponte da Amizade ou ir de transporte público e atravessar a ponte de moto táxi ou a pé. A diária do estacionamento custa R$ 40,00 e o valor do moto táxi, R$ 10,00 (senso de aventura, sempre). Apesar de muitas pessoas atravessarem a ponte a pé, essa não é a melhor opção, visto que você precisará dessa energia para rodar lá.

→ Dicas para uma experiência de compras bem-sucedida em Ciudad del Este

→ Documentação

Os brasileiros podem entrar em Ciudad del Este portando apenas um documento de identificação oficial válido ou passaporte. A imigração está na entrada de Ciudad del Este, logo após cruzar a Ponte da Amizade. Na maioria dos casos, você não será abordado por um agente de imigração e provavelmente não será solicitado que você exiba documentos. Se você quiser um carimbo em seu passaporte, certifique-se de parar depois de atravessar a ponte.

→  Limite

O limite para compras feitas por estrangeiros no Paraguai é de US $ 300. Caso suas compras excedam essa cota, você deve pagar um imposto de 50% sobre o valor total. A cota não é transferível e só pode ser usada uma vez a cada 30 dias.

→  Inspeção

Como os oficiais de imigração na fronteira da Ponte da Amizade não podem supervisionar e verificar pessoalmente o cruzamento de cada pessoa, algumas pessoas escolhem não declarar seus produtos comprados no Paraguai . Essa prática, no entanto, é arriscada e não é recomendada. No caso de ser pego mentindo sobre bens adquiridos, você está sujeito a ter todos os bens apreendidos. Quado eu fui, fui parada na alfândega, já minha irmã, não.

→ Planejamento

Se você estiver vindo para Ciudad del Este com a intenção de comprar itens específicos, faça uma lista de seus itens de interesse e compare antes aos preços no Brasil. Isso poupará seu tempo, dará a você vantagem sobre possíveis pechinchas e facilitará sua decisão sobre a melhor compra. Tente evitar quartas e sábados, visto que os vendedores ilegais e muambeiros preferem estes dias. Feriados também ficam lotados.

→ Pirataria

Se você está em busca de produtos falsificados ou pirateados, as ruas de Ciudad del Este são o melhor lugar para fazer compras no Paraguai e no mundo. Muitos vendedores de rua oferecem sapatos, bolsas, óculos de sol, roupas e inúmeros outros produtos a preços incrivelmente baixos e de baixa qualidade. 

→ Pechinchar é a lei

Sempre!

→ Qualidade

Se você procura produtos exclusivos e de maior qualidade, visite as galerias e lojas dentro dos shoppings. Os preços ainda são razoáveis. Outras opções são: American House, SAX e Compubras.

→ Forma de pagamento

Muitas das lojas nos shoppings aceitam cartões de crédito. Com o aumento das taxas para 6,38% nas compras com cartão de crédito, outras opções de pagamento podem ser mais viáveis. Dinheiro é aceito em todos os lugares.

→ Comida

Centenas de vendedores oferecem uma variedade de iguarias, tanto locais como internacionais, em pequenas barracas espalhadas pelas ruas. Eu não dou conta de algo muito popularesco para comer. Se você também prefere não se aventurar nas ruas, os shoppings oferecem opções menos traumatizantes como Mc Donald’s e Burger King.

→ Contatos

Consulado do Brasil em Ciudad del Este – (561) 500-984
Receita em Foz do Iguaçu – (45) 3528-0131
Secretaria de Turismo em Foz do Iguaçu – 0800-451516
Secretaria de Estado do Turismo em Guaíra – (44) 3642-7822

Planeje sua viagem para Foz do Iguaçu

Hospedagem em Foz do Iguaçu

  • Booking.com tem 419 hotéis, hosteis e pousadas em Foz do Iguaçu e em todo o mundo. Você obtém cancelamento gratuito na maioria dos quartos e garantia de menor preço.

Aluguel de carros no Brasil 

  • RentCars é o um dos maiores serviços de reservas de aluguel de carros do mundo, que compara todas as principais marcas. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você pode dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.

Seguro de viagem no Brasil

  • Seguros Promo é um site que faz cotação para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto.

Foto: Reprodução/Internet

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: