Galleria Borghese

Roma: Galleria Borghese, a suprema contemplação da beleza

Meu Deus! Quando você acha que já viu, razoavelmente, muita coisa linda em museus mundo afora, eis que aparece a Galleria Borghese para mostrar que você ainda não viu absolutamente nada. A Galleria Borghese fica nos jardins da Villa Borghese e abriga uma coleção de arte verdadeiramente magistral, que é facilmente uma das melhores de Roma e, na minha opinião, também do mundo.

 

A Galleria Borghese apresenta uma das maiores coleções de arte privada do mundo reunidas pelo Cardeal Scipione Borghese, sobrinho do Papa Paulo V, no século XVII na sua villa romana. A coleção é particularmente rica em arte romana, renascentista e barroca, com obras importantes de Bernini, Ticiano, Caravaggio, Rafael, Correggio, Rubens e Canova.

 

O mais legal da Galleria Borghese é que ela não é enorme como os grandes museus, os quais requerem muito tempo e disposição. Compacta, a galeria ocupa dois andares e vinte salas e a alta qualidade do que está em exibição significa que tudo que você vê é uma verdadeira obra-prima. Uma grande coisa que garante a qualidade da experiência é que ela nunca está muito lotada, pois só é permitido 360 pessoas de cada vez. Compare isso com os 30.000 visitantes por dia que os Museus do Vaticano recebem e você poderá respirar enquanto aprecia as artes em exposição.

Por dentro da Galleria Borghese

A fachada exterior do prédio não revela o quão lindo é o seu interior! Assim como as artes expostas, o seu interior é uma obra de arte em si, com os seus pisos de mármore, colunas, baixos-relevos, frescos, tetos decorados (para mim, o mais lindo de tudo!), etc. Antes de apreciar as obras, ou ao mesmo tempo, rs, não deixe de admirar o edifício em si, que é um verdadeiro espetáculo.

Entre algumas das inúmeras obras de arte expostas na Galleria Borghese, você irá encontrar:

→ Esculturas de Gian Lorenzo Bernini

Um dos artistas italianos mais proeminentes do movimento barroco, é conhecido por suas grandes composições esculturais, bem como sua habilidade em trabalhar com mármore. Suas peças notáveis ​​que estão atualmente alojadas na Galleria Borghese incluem “Truth Unveiled by Time” (A verdade descoberta pelo tempo), “Apollo e Daphne”, que mostra a ninfa em meados da transformação em um louro, enquanto ela está sendo perseguida pelo deus Apolo, o busto detalhado de seu patrono, o cardeal Scipione Borghese e “The Rape of Persephone”, com detalhes tão requintados, que fazem o mármore parecer carne! É simplesmente de arrepiar.

Apolo e Dafne, de Bernini

“O Rapto de Proserpina” de Bernini. Simplesmente extraordinário!

→ Pinturas de Caravaggio

Michelangelo Merisi de Caravaggio foi um famoso pintor italiano e grande influenciador do estilo barroco na pintura. Ele é conhecido pelo uso dramático de iluminação, bem como pelo uso efetivo da técnica de Chiaroscuro, que é identificada por fortes contrastes entre a luz e a escuridão em toda a composição. De suas obras na Galleria Borghese, destacam-se: “São Jerônimo que Escreve” (uma das minhas preferidas!), “São João Batista”, “Davi com a cabeça de Golias”, bem como “O Pequeno Baco Doente”, que é essencialmente um auto-retrato inicial. As fotos estão na sequência abaixo.

→ Obra de outros mestres

Entre outras obras que estão alojadas na galeria, estão a de artistas como Raphael e Ticiano, ambos influentes influenciadores da arte renascentista italiana. Entre as muitas peças ​​desses mestres, a galeria abriga o “Deposition” de Raphael e “Lady With a Unicorn” (o retrato de uma mulher jovem com um unicórnio). Entre as obras de Ticiano, a Galleria Borghese é atualmente o lar do “Amor Sagrado e Profano”, “A Flagelação de Cristo”, “Venus e o Cupido” e “São Domingos”.

    

Outra obra notável é a escultura da irmã mais nova de Napoleão, Pauline Bonaparte, representada por Vênus, conhecida pelo nome de Paolina Borghese, que foi trabalhada pelo escultor veneziano do século 18, Antonio Canova, que é famoso por esculturas de mármore requintado que apresentam carne nua. Essa é uma das primeiras obra da galeria e foi uma das mais marcantes pra mim. Simplesmente ma-ra-vi-lho-sa!

Em meio a tanta, tanta coisa extraordinária, é difícil eleger qual obra de arte é a mais impressionante de todas. Os quadros de Caravaggio são muito marcantes e as estátuas de Bernini, especialmente, a “The Rape of Proserpina”,

Informações práticas sobre a Galleria Borghese

→ Localização

A Galleria Borghese está localizada na Piazzale Scipione Borghese, 5, Roma, dentro dos jardins da Villa Borghese.

→ Como chegar à Galleria Borghese

Você pode acessar a galeria a pé ou de transporte público. Como falei no post sobre Roma, cheguei à galeria, a partir da Piazza del Popolo, andando pelo parque da Villa Borghese, que é muito bonito e vale muito a pena conhecer. Porém, é uma longa caminhada. De transporte público, a parada mais próxima é a parada de ônibus Pinciana/Museo Borghese, mas a parada S. Paolo del Brasile também é uma opção. De metrô, desça na Spagna, no entanto, esta opção requer um pouco de caminhada. Esteja sempre com um mapa ou GPS em mãos, em qualquer situação.

→ Qual o horário de funcionamento da galeria?

A Galleria Borghese está aberta de terça a domingo, das 8:30 às 19:30 horas. A bilheteria fecha às 18h30 e os visitantes só podem entrar até as 19h.

→ Quanto custa o ingresso

O custo dos ingressos para adultos regulares (em dezembro de 2018) é de 18 € (inclui uma taxa de reserva de 2 €). Se você gostaria de uma visita guiada de um membro do staff do museu (Inglês ou Italiano), o custo é de € 24,50 €, que inclui o bilhete, taxa de reserva e visita guiada. Guias de áudio estão disponíveis para alugar por 6,50 €.

→ Qual o dia é gratuito para entrar na Galleria Borghese

É possível visitar gratuitamente a Galleria Borghese no primeiro domingo de cada mês. Mas é preciso também fazer a reserva.

→ Como comprar/reservar o ingresso

Todos os visitantes devem fazer a reserva dos bilhetes. Observe que, mesmo que um ingresso seja gratuito (para crianças ou um domingo grátis), é preciso fazer uma reserva on-line e pagar a taxa de reserva de € 2. Em épocas de fluxo menor de turistas (se é que isso é possível isso em Roma), você pode até encontrar ingressos para o mesmo dia, mas não se arrisque. Compre antecipadamente no site que opera os ingresso da Galleria Borghese, o Ticket One.

→ Preciso validar o bilhete comprado pela internet antes de entrar?

Infelizmente, precisa, sim. O ideal seria você já entrar com a sua reserva impressa, evitando um contratempo desnecessário, mas é preciso apresentar a reserva antes e trocar pelo bilhete de entrada da galeria. Essa troca você faz na bilheteria que fica no subsolo da galeria. É nesse local que você também deverá deixar todos os seus pertences.

Lembre-se que todos os visitantes devem chegar com 30 minutos de antecedência do seu horário ou podem ser impedidos de entrar.

→ E se não houver reservas disponíveis durante a minha visita a Roma?

Se você não fizer a reserva com antecedência, você pode arriscar e ir ao escritório da Galeria Borghese pela manhã e verificar na bilheteria se há algum bilhete disponível. Se as pessoas cancelarem ou não comparecerem a tempo, o museu poderá vender ingressos. Ou seja, não é algo garantido e isso pode lhe custar algumas horas de espera. Não arrisque, compre antes.

→ Quanto tempo eu tenho na Galeria Borghese?

A Galleria Borghese limita o número de pessoas que visitam o museu. Você terá o horário de entrada (chegue 30 minutos antes para pegar o ingresso) e será necessário sair da galeria 2 horas após o horário de entrada. Por isso, entre exatamente no seu horário marcado para aproveitar ao máximo as suas 2 horas que lhe cabem, rs. Duas horas é um tempo suficiente para ver todos os destaques em um ritmo relativamente tranquilo. Se você quiser passar mais de 2 horas, você terá que sair da galeria e entrar com outra reserva.

Outras informações sobre a Villa Borghese

  • A Villa Borghese é um grande complexo e a Galleria Borghese é apenas um dos edifícios dentro do complexo. Depois de passear (ou antes, que foi o meu caso) pela galeria, aproveite para dar um passeio pelos seus belos jardins ingleses.
  • Existem outros museus na Villa Borghese. A Villa Giulia, que é agora o Museu Etrusco, e a Villa Medici, que agora abriga a Academia Francesa em Roma. Há também o Bioparco di Roma, o Museu Zoológico, a Galleria Nazionale d’Arte Moderna, bem como pequenos pavilhões na área, um dos quais é agora a Escola Britânica em Roma.

Planeje sua viagem para Roma

Hospedagem em Roma

  • Booking.com tem 13.160 hotéis, hosteis, casas e pousadas em Roma e em todo o mundo. Você obtém cancelamento gratuito na maioria dos quartos e garantia de menor preço.

Aluguel de carros em Roma e na Itália

  • RentCars é o um dos maiores serviços de reservas de aluguel de carros do mundo, que compara todas as principais marcas. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você pode dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.

Seguro de viagem na Europa

  • Seguros Promo é um site que faz cotação para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto.
Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Autores de comentários
Autores recentes de comentários
  Se inscrever  
o maisnovo mais antigo mais votado
Me notificar caso: