Salvador e o Mundo, o Mundo e Salvador… Praga!

Da série: SALVADOR e o MUNDO, O MUNDO e SALVADOR – Basta um pouco de atenção para sentir o “nosso mundo” pelo mundo afora.

Não, não temos um castelo similar ao Castelo de Praga em segundo plano, mas temos o imponente Lar Franciscano Santa Izabel em destaque no horizonte. Em contraponto à Igreja Nossa Senhora de Týn, a Catedral Basílica Primacial de Salvador. Numa margem, o Rio Moldava; na outra, a Baía de Todos os Santos. No lugar da vibrante Praça da Cidade Velha, o vibrante, ao seu modo, Largo Terreiro de Jesus.

Salvador

Igreja Basílica de Salvador Baía de Todos os Santos Largo Terreiro de Jesus

Sim, o Pelourinho é a nossa Praga, a capital da República Tcheca. Com as devidas proporções que cabem a essas suaves comparações, temos o nosso Pelourinho tão encantador quanto o bairro da Cidade Velha, em Praga. Um local irregular, que nos convida a passear e a perder-se por suas ruas estreitas e a apreciar sua história, cultura, monumentos principais, prédios espetaculares e… as pessoas.

Pelourinho Pelourinho Pelourinho Hotel Via Bahia

Aqui, as diferenças e particularidades que, naturalmente, nos separam, também nos assemelham.

Se Praga sobreviveu às guerras políticas e religiosas, à ocupação nazista e aos austeros anos do comunismo, nós sobrevivemos à escravidão e a tantas revoltas no período do Brasil Colônia. A arquitetura e o estilo romântico da Art Nouveau ou Art Deco de lá se contrapõem ao nosso estilo eclético, com influências renascentistas, maneiristas, barrocas, neoclássicas e rococós. O Mucha deles é o nosso CarybéFranz Kafka, o nosso Jorge Amado.

Carybé - Bahia Jorge Amado

As emoções das descobertas no Pelourinho ou em Praga são muito próximas, pois cada um, ao seu jeito, possuem suas singularidades e encantos. Praga é mais bela e mais sofisticada? Claro que sim. O Pelourinho é mais informal e caloroso? Absolutamente! Poderíamos atrair metade dos turistas que buscam Praga? Com certeza.

Definitivamente, não são nossos – valiosos, sim! – atrativos culturais que nos distanciam de Praga. O que nos deixam a um oceano de distância deles é o que de mais básico poderíamos oferecer: limpeza e segurança em nosso Centro Histórico, revitalização e manutenção eterna dos nossos casarões e monumentos, um transporte público de massa efetivo, mais bares, cafés, restaurantes, hotéis nas ruas e tudo isso funcionando como um chamariz para muito muito e muito mais gente – baianos e turistas – andando em nossas ruas rua, num clima indescritível como… nas ruas de Praga!

 

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Me notificar caso: