The British Museum: O que fazer em Londres

The British Museum: O museu superlativo de Londres

Se eu tivesse que indicar um único museu para você ir em Londres, seria, sem nem pestanejar, o The British Museum, o Museu Britânico. Não apenas de Londres, esse é também um dos museus mais importantes do mundo, atraindo 6,5 milhões de visitantes por ano. Um verdadeiro banho de história, daqueles que você se sente eternamente perdido e pequeno.

Fundado em 1753, o British Museum é dedicado à cultura e à história da humanidade, desde os seus primórdios até os dias de hoje, com coleções de todo o mundo e mais de sete milhões de objetos. O museu foi aberto ao público em 1759 em Montagu House, local do atual edifício do museu e erguido na primeira metade do século XIX.

The British Museum: O que fazer em Londres

Logo na entrada do museu, há um quadrângulo central, contendo a sala de leitura redonda Sydney Smirke (1857), com impressionante teto abobadado azul e dourado feito de papel machê, onde Karl Marx pesquisou e escreveu “O Capital” e ninguém menos que Mahatma Gandhi era portador de um cartão.

The British Museum: O que fazer em Londres

Esse saguão central foi redesenhado e coberto por espetacular teto de vidro e aço tesselado, criando um dos mais impressionantes espaços arquitetônicos de Londres e maior praça coberta da Europa. Nela há lojas e cafés que permanece aberto após o próprio museu ter fechado.

The British Museum: O que fazer em Londres

O British Museum é imenso e é quase impossível visitá-lo em sua totalidade, imagine conhecer mais a fundo cada uma das suas magníficas obras. O museu possui vastas galerias egípcias, etruscas, gregas, romanas, europeias, do Oriente Médio, entre muitas outras.

The British Museum: O que fazer em LondresThe British Museum: O que fazer em Londres

Entre os milhares de itens, sua coleção conta com máscaras astecas, moedas do período helenístico, a Pedra de Roseta e partes do Partenon de Atenas, tiradas em Atenas por Lord Elgin (então o embaixador britânico no Império Otomano). Outros itens imperdíveis incluem as relíquias de enterro anglo-saxônicas Sutton Hoo e os Winged Bulls de Khorsabad.

The British Museum: O que fazer em Londres

Eu elegi especialmente a galeria egípcia e me dediquei um pouco mais a ela. É realmente impressionante. Não perca a Pedra de Roseta, a chave para decifrar os hieróglifos egípcios, descoberta em 1799 por soldados de Napoleão Bonaparte e a grande coleção de múmias egípcias.

Pedra de Roseta - The British Museum, Dicas de Londres

A Pedra de Roseta, um fragmento de granodiorito do Antigo Egito, cujo texto foi crucial para a compreensão moderna dos hieróglifos egípcios

The British Museum: O que fazer em LondresThe British Museum: O que fazer em Londres

Como o museu é gigante, caso você queira se dedicar mais, a dica é fazer visitas focadas ou excursões gratuitas. Existem até 15 tours gratuitos de 30 a 40 minutos para algumas galerias todos os dias. O museu também tem palestras gratuitas de 45 minutos na hora do almoço (13h15 de terça a sexta-feira), excursão de 1 hora e meia (11h30 e 14h sexta, sábado e domingo) e passeios gratuitos de 20 minutos nas noites de sexta-feira.

Como o The British Museum é gratuito, vale investir nos guias de áudio para adultos ou crianças em 10 idiomas disponíveis na mesa de áudio-guia no Great Court (salão de entrada).

Metrô: Russel Square (mais próxima). Holborn também vai. Só seguir em direção à Oxford Street, seguir as placas e virar à direita. Great Russell Street, WC1

Confira nosso outro posts falando de outros Museus de Londres

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Me notificar caso:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
-->