Transforma Brasil

Voluntariado: Salvador sedia lançamento do Transforma Brasil

No próximo dia 23 de fevereiro, sábado, das 8h às 12, acontece na Escola de Administração da UFBA – Vale do Canela, o lançamento local da Plataforma Transforma Brasil.

Com sede em São Paulo (SP), a iniciativa cruza os dados dos que querem ser voluntários, mas não sabem como, com os das ONGs que precisam de mão de obra, mas não sabem onde encontrar voluntários. A plataforma é baseada na iniciativa criada no Recife (PE), em 2015, que levou a capital pernambucana a ter o dobro da média de voluntários do País em apenas três anos.

Com o apoio de fundos de assistência internacional, a iniciativa promete alavancar os números de voluntariado no País, que hoje atingem apenas 7,4 milhões de brasileiros, o equivalente a 3,5% da população. “As pessoas querem dedicar parte do seu tempo a alguma causa ou propósito, mas nunca houve o ‘cardápio’ de opções e nem o incentivo pra isso. Agora, quem já tem o desejo de se dedicar voluntariamente a alguma instituição, vai saber onde pode ser útil e ter benefícios para fazer isso”, acredita Fábio Silva, empreendedor social e criador do projeto.

Com foco em gestores de projetos de ideias sociais (formalizados ou não), assim como voluntários e empresários com interesse no terceiro setor, o evento de lançamento é aberto ao público (sujeito à lotação), com inscrições através do link: https://www.sympla.com.br/talk–transforma-salvador__462080.

Transforma Brasil

No Brasil, segundo o IBGE, apenas 3,5% da população pratica algum trabalho voluntário. Um número inversamente proporcional ao dos Estados Unidos, onde 34% dos americanos são comprometidos com ações voluntárias. Os dados do engajamento cívico no Brasil começaram a mudar a partir de agosto de 2018, quando foi inaugurada a primeira agência nacional de incentivo ao voluntariado: a plataforma Transforma Brasil (www.transformabrasil.com.br).

A iniciativa foi criada pelo empreendedor social Fábio Silva, que, em 2014, foi capacitado pelo Departamento de Estado Americano para desenvolver empreendimentos sociais no Brasil. Na época, líderes sociais de vários países em desenvolvimento passaram 40 dias nos Estados Unidos conhecendo os programas da agência nacional de voluntariado, que oferece uma série de benefícios para aqueles que tem algum tipo de engajamento cívico no País, como pontuação diferenciada em provas de concurso público e prioridade no ingresso em universidades.

Segundo levantamento da agência americana, os voluntários tem 27% mais chances de conseguir emprego do que aqueles que nunca tiveram experiência semelhante. No ano passado, o programa estimou em cerca de US$ 180 bilhões o valor das 7,8 bilhões de horas de trabalho voluntário dedicadas no País.

Vindo para Salvador ou viajando pelo mundo? Reserve por aqui!
Quando você faz uma reserva por um link do blog, você quase sempre tem desconto, não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão. Essa troca positiva nos ajuda a continuarmos produzindo mais conteúdo de qualidade.
Gostou? Compartilhe!
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Me notificar caso:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
-->